Notícias » VALORIZAÇÃO

Vereador Paulinho propõe folga extra a servidores no dia do aniversário em Alto Araguaia

Da Redação
10 de outubro de 2017, 10h10

O Projeto de Lei do Legislativo 018/2017 que concede folga ao funcionário público municipal no dia do aniversário dele, em Alto Araguaia (415 km de Cuiabá), foi aprovado por unanimidade na Câmara de Vereadores em Sessão Ordinária realizada nesta segunda-feira (09/09). A proposta é de autoria do vereador Paulo Lopes Rodrigues, o Paulinho (PSDB) e recebeu uma emenda.

Proposta foi apresentada pelo vereador Paulo Lopes, o Paulinho, e aprovada por unanimidade pela Câmara de Vereadores em Alto Araguaia

A resolução prevê que se a data do aniversário for em finais de semana ou feriados, o funcionário poderá receber a folga no primeiro dia útil antes ou depois do aniversário. Somente poderá obter o direito ao benefício o servidor que não possuir advertência nos últimos três anos e suspensão nos últimos cinco anos; mais de três faltas sem justificativa no período de um ano; entradas tardias e saídas antecipadas sem causa justificada por sessenta dias no período de doze meses consecutivos.

A proposta ainda menciona que havendo mais de um aniversariante na mesma data, o responsável pela secretaria, departamento ou setor poderá agendar a folga em dias diferentes.

Autor do projeto, Paulinho acredita que a medida valoriza o funcionário público. A Comissão de Legislação, Justiça e Redação Final da Câmara deu parecer favorável ao projeto que voltou para votação no plenário durante realização da 33ª Sessão Ordinária da Câmara de Vereadores.

Todos os edis votaram favorável ao projeto. Segundo o tucano, a proposta não gera gastos para o município. “Esse projeto é de suma importância para o servidor público, visto que visa motivar ainda mais os funcionários e premiando com um dia de folga no aniversário. É uma proposta para premiar o bom funcionário mesmo. Graças a Deus foi aprovado por unanimidade e quem ganha é o servidor público”, discorreu o vereador. Aprovado pela Câmara, o Projeto vai para sanção do prefeito.

Foto: Assessoria de Imprensa Câmara